6 dicas para pedalar em grupo com mais segurança

Pedalar em grupo é uma ótima opção para se distrair, ficar livre do tédio e fazer novas amizades. Afinal, quando se tem companhias para praticar uma atividade física, ela se torna mais agradável e prazerosa. Você nem vê o tempo passando!

Além disso, essa prática é uma boa estratégia para você desafiar seus limites. Isso porque fica mais motivado a acompanhar os colegas e consegue manter o ritmo do treino com mais facilidade, afastando de vez a preguiça.

Contudo, pedalar em grupo também exige alguns cuidados. Afinal, a segurança deve ser um requisito fundamental durante o ciclismo. Pensando nisso, este artigo vai apresentar algumas dicas de cuidados que você deve observar quando estiver em cima de uma bicicleta. Confira!

1. Acompanhe o líder

O grupo precisa escolher um praticante que seja mais experiente e preparado e que seja capaz de auxiliar os demais, estipulando o ritmo da atividade, definindo as paradas e abrindo o caminho. Enfim, a principal função desse indivíduo é guiar os outros ciclistas a fim de trazer mais confiança e segurança para a atividade.

2. Estipule
uma rota pré-determinada

O grupo deve conhecer com antecedência o trajeto que vai seguir. Esse cuidado é fundamental para evitar transtornos durante o percurso que poderão comprometer a continuidade da atividade, como o fechamento da rua ou rodovia, trânsito excessivo, subidas em vias perigosas e regiões de risco.

Não se esqueça de criar um mapa contendo o trajeto a ser percorrido ou de memorizar as ruas com o máximo de detalhes, incluindo as conversões. O ideal é percorrer o caminho em dias mais tranquilos e com menos trânsito. Dessa forma, será possível identificar os locais de perigo, trechos com asfalto esburacado e obstáculos, além de definir os pontos de paradas programadas para o descanso e hidratação.

3. Converse com os colegas quando for
necessár
io

É importante ficar de olho nas instruções que o líder e os colegas vão passar ao longo do caminho. Isso inclui a sinalização de aproximação de carros, locais com buracos e outros imprevistos que podem surgir.

Por isso, converse sempre que necessário. Comunique-se com os seus companheiros para saber como está o condicionamento físico. As orientações podem ser transmitidas um por um. Afinal, dificilmente o líder, que está na frente, conseguirá se comunicar com as pessoas que estão mais atrás.

4. Use equipamentos de segurança

Itens de segurança são fundamentais para proteger o corpo e a cabeça dos ciclistas. Os principais equipamentos são: capacete, luvas e óculos especiais. Por outro lado, evite carregar fones de ouvido, celular e outros tipos de distração, pois eles podem desviar sua atenção e causar acidentes.

5. Utilize
acessórios de iluminação à noite

Muitos acidentes são causados porque os motoristas não conseguem enxergar os ciclistas durante a noite. Por isso, é importante utilizar algum tipo de sinalização pelo corpo e uma iluminação na bicicleta. Confira alguns cuidados:

o   
use roupas claras,
fluorescentes e chamativas;

o   
vista um colete refletivo;

o   
instale faróis e lâmpadas
de LED.

6. Tenha atenção redobrada em ciclovias de mão dupla

As ciclovias de mão dupla são uma realidade na maioria das cidades brasileiras e podem ser um perigo, principalmente para os ciclistas inexperientes e aqueles que estão distraídos. Portanto, toda cautela é necessária em cruzamentos e faixas de pedestres. O recomendado é andar com a velocidade reduzida e sinalizar sua passagem pelas ciclovias e ciclofaixas.

Deu para notar que pedalar em grupo é uma atividade física dinâmica, divertida e prazerosa? Apenas tenha a consciência de colocar em prática as dicas que você aprendeu acima. Dessa forma, você vai aproveitar o percurso com mais qualidade.

Deseja alertar seus parceiros de ciclismo? Então, envie e compartilhe este artigo em suas redes sociais! Assim, seus amigos poderão tomar os cuidados necessários para se proteger contra acidentes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe nas redes sociais:
Você também pode se interessar:
Saiba mais sobre a Kakau