Como fazer o celular descarregar devagar?

Poucas coisas são tão frustrantes no dia a dia quanto precisar usar o celular e ver que a bateria está acabando justo quando você está longe do carregador. Ou ainda ter um aparelho que passa tanto tempo ligado na tomada que parece um telefone fixo. Por sorte, existem algumas dicas de como fazer o celular descarregar devagar.

A maioria delas funciona tanto para celulares Android como para iOS. E, se não fazem milagres, podem manter o telefone com bateria por algumas horas a mais. E isso faz toda a diferença, não é? Para saber mais, continue a leitura!

Diminua o brilho da tela

Não tem jeito: a tela é um dos componentes que mais consomem bateria. Ainda mais com a tendência atual, que faz com que os aparelhos tenham visores cada vez maiores. Por isso, a dica é ajustar o brilho para o mínimo possível e usá-lo de acordo com ambiente. Dessa forma, o celular irá descarregar mais devagar.

Isso vale mesmo para aparelhos que fazem esse ajuste automaticamente. Isso porque muitas vezes a luz é mais forte que o necessário. Além disso, programe para que a luz se apague no menor tempo possível sempre que o telefone estiver sem uso.

Tenha cuidado com altas temperaturas

Evite deixar o telefone em ambientes muito quentes e fique atento se, durante o uso, sua temperatura está aumentando. Ambas as situações podem fazer com que o uso da bateria cresça bastante. Com o superaquecimento, é normal que muitos processos se tornem mais lentos e exijam mais do processador do telefone. Assim, o tempo de duração da carga da bateria será reduzido.

Preste atenção aos apps em segundo plano

Talvez você não perceba, mas muitos aplicativos continuam funcionando (e gastando bateria) mesmo enquanto não estão necessariamente estão em uso. É normal que muitos deles fiquem em segundo plano no dia a dia, seja esperando pela utilização do usuário, seja para enviar notificações quando necessário (é o que acontece com os aplicativos de mensagens e e-mail, por exemplo).

Dessa forma, vale sempre dar uma olhada nas configurações para saber quais os apps consomem mais bateria e ver se eles fazem isso enquanto em segundo plano.

A partir disso, você pode limitá-los e impedir que eles funcionem dessa maneira. Vale lembrar que isso pode prejudicar o funcionamento adequado de muitos deles. Agora, se o aplicativo em questão sequer é utilizado, não pense duas vezes antes de desinstalá-lo e salvar alguns pontos percentuais valiosos de bateria.

Observe as conexões utilizadas

Outros vilões da longa duração da bateria são as conexões sem fio que todo smartphone tem: sinal de internet da operadora, wi-fi, bluetooeth e GPS podem ser limitados para economizar.

A recomendação nesses casos é manter ativo somente o que se está usando. Vai sair de casa? Então desligue o wi-fi. Isso evita que seu telefone fique constantemente procurando por sinais de redes de internet sem fio.

Isso vale também para a internet móvel, principalmente quando o sinal está fraco. Seja como for, seu celular se esforçara para manter a conexão, o que pode drenar a bateria em poucas horas.

Por fim, veja em que situações é realmente necessário manter o bluetooth e o GPS ligados. Relógios e outros dispositivos dependem da conexão bluetooth para parear as informações com o smartphone. Por outro lado, aplicativos de mapas e transporte precisam das informações da localização via satélite. A boa notícia é que maioria dessas conexões pode ser ativada e desativada facilmente na maioria dos aparelhos.

Desative a vibração

Fazer com que o celular chacoalhe quando recebe uma notificação ou enquanto você digita exige que o motor de vibração use uma grande quantidade de energia. Por isso, sempre que possível, opte pelos toques sonoros para saber que há uma novidade no telefone.

Se você tiver um pouco mais de paciência, por ir de app em app e definir também quando eles vão enviar notificações. Na prática, quanto menos notificações, menor será a atividade em segundo plano de diversos aplicativos, gerando uma economia de bateria que pode ser um bote salva vidas em caso de emergência.

Remova papéis de parede animados

Certamente aquele papel de parede com milhares de cores e animações em altíssima definição é muito bonito, mas talvez ele esteja fazendo seu telefone descarregar ainda mais rápido. Por isso, opte pelo minimalismo e escolha itens sóbrios, sem qualquer tipo de movimento.

A mesma lógica vale para o widgets de aplicativos, aquele pequenos ícones que apontam novidades e notificações sobre determinado assunto ou aplicação. O trabalho que o telefone tem para manter esses itens sempre atualizados é constante o, como você provavelmente já deduziu, aumenta o gasto de bateria.

Ative o modo de economia de energia na hora do aperto

Até agora as dicas se concentram em configurações que você pode manter no dia a dia, sem maiores prejuízo na usabilidade do telefone. No entanto, as duas últimas dicas são principalmente para momentos de emergência, em que é preciso economizar o máximo de energia a qualquer custo.

A primeira dessas dicas de emergência é ativar o modo de economia de energia, função disponível na maioria dos modelos. Ao acionar essa alternativa, diversas funções não essenciais ao funcionamento do telefone são desativadas, mantendo apenas um número restrito de funcionalidades disponíveis.

Ou seja, ainda que o telefone continue funcionando, é provável que uma série de aplicativos deixe de enviar notificações até que você abra o app. Porém, o modo de economia de energia pode ser a solução radical para quando o celular ficar muito tempo longe de uma tomada e precisar descarregar mais devagar.

Use o modo avião em momentos críticos

Uma alternativa viável é aproveitar a função de modo avião disponível na maioria dos smartphones e ativá-la para garantir alguns minutos a mais de bateria.

Sem nenhuma conexão, você ficará incomunicável, mas garantirá que o telefone não esteja sempre conectado ao wi-fi e a rede móvel. Assim, poupa a energia da bateria naqueles momentos em que o carregador mais próximo está fora de alcance.

E aí, anotou as dicas de como fazer o celular descarregar devagar? Com tantas funções, as baterias são o ponto fraco dos smartphones, mas com algumas estratégias é possível reduzir o intervalo entre as recargas.

Quer receber mais dicas direto no seu e-mail? Então, assine nossa newsletter e não perca nenhuma novidade!