Qual a importância e como regular a marcha da bicicleta? Entenda

como regular marcha de bicicleta

Se você já costuma pedalar por aí, ou se está pensando em investir nesse tipo de hobby, já deve saber como a marcha da bicicleta é importante para o seu funcionamento. Porém, para que você siga os seus percursos com uma bike segura, é interessante ir além disso, descobrindo, por exemplo, como deve ser feita a regulagem da marcha.

Informações técnicas como essa podem garantir que você conquiste uma maior estabilidade em cima da bicicleta, além de tornar as pedaladas mais leves e tranquilas. E então, já convencemos você da importância de saber regular as marchas? 

Então siga a leitura para descobrir mais sobre o assunto!

Para que servem as marchas da bicicleta?

Independentemente do seu propósito com a bike (pedalar na cidade ou se jogar nas estradas não pavimentadas), as marchas são parte essencial do processo! Afinal, uma bicicleta com marchas possibilita que você escolha o modo mais confortável de pedalar, além de também determinar quantas velocidades você terá na bicicleta. 

Qual é a importância da regulagem do câmbio das marchas?

Acredite: é muito difícil pedalar em uma bike com as marchas desreguladas, e nem estamos falando sobre o barulho irritante que a bicicleta faz quando está nesse estado! Quando as marchas não estão bem reguladas, o processo das pedaladas fica instável, além de oferecer a impressão de que a marcha trocará sozinha (bastante inseguro, não é?).

Como regular corretamente as marchas da bicicleta?

Agora que você já sabe para que servem as marchas da bicicleta e qual é a importância da regulagem correta, vamos para a parte prática! Siga os próximos tópicos para conferir algumas dicas de como regular o câmbio das marchas!

Use as ferramentas adequadas

Quando o assunto é segurança, você já deve saber que não é recomendado fazer gambiarras. Assim, para regular as marchas, é extremamente necessário que você tenha em mãos as ferramentas corretas. Entre elas estão: uma chave Phillips, uma chave de boca de 9 milímetros e uma chave allen de 5 milímetros.

Cheque a tensão do cabo

Sabe quando você tenta trocar a marcha, mas ela não sobe corretamente? Ou quando há necessidade de descer a marcha da bicicleta e ela não obedece o comando? Pois bem, esses dois casos correspondem a problemas na tensão do cabo. 

Na primeira situação, o problema é que o cabo está frouxo. Assim, basta regulá-lo com o regulador ou soltar o cabo e puxá-lo novamente. Na segunda situação, é possível que o cabo esteja muito tensionado (para resolver, basta fazer o processo contrário).

Regule pelos parafusos

Outra opção para regular as marchas é utilizar os parafusos na parte do câmbio traseiro (parafuso H e parafuso L — que são responsáveis pela limitação do câmbio e pelo impedimento da queda da corrente). 

Caso você esteja com problemas com a corrente da bicicleta, basta regular os parafusos. Quando a corrente estiver caindo para dentro, aperte o parafuso L. Quando a corrente estiver caindo para fora, aperte o parafuso H.

Chegando até aqui, você já descobriu diversas informações importantes sobre a marcha da bicicleta, não é mesmo? Porém, vale a pena reforçar que nem toda execução de regulagens e consertos é recomendada sem assistência. Muitas vezes, um técnico na área se faz necessário para garantir a maior segurança para você e o seu patrimônio

Falando em segurança, você sabe como manter as pedaladas seguras durante a pandemia? Siga a próxima leitura para entender como garantir a sua saúde enquanto você passeia de bike.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe nas redes sociais:
Você também pode se interessar:
Saiba mais sobre a Kakau