Quais são os documentos para indenização integral?

documentos para indenização integral

Você já contratou ou está pensando em contratar um seguro para seu celular ou bike, mas não sabe como funciona a indenização integral? Antes de tudo, saiba que é comum o mundo dos seguros deixar algumas dúvidas para quem deseja ter a proteção. Afinal, dependendo da empresa contratada, esse procedimento costuma ser um pouco burocrático, principalmente em razão dos documentos exigidos durante o processo. 

Neste artigo, veja como é simples para receber e quais são os principais documentos para a indenização integral na Kakau.

Indenização integral: o que é?

A indenização integral é o valor a ser pago a quem contratou um seguro, em caso de alguma ocorrência. Esse bem pode ser um tablet, celular, bicicleta ou mesmo um carro. Geralmente, quem contrata a proteção tem acesso a essa indenização em casos de perda total, em casos de danos da natureza, colisões, quebras acidentais, roubo, furto qualificado e etc.

A quantia que você recebe é igual ao preço do bem protegido. Esse valor geralmente está descrito na apólice do seguro. Se você tem uma bike, por exemplo, que sofreu perda total em janeiro, cujo valor de mercado desse mês era em torno de R$ 6 mil, então este será o valor que a empresa irá pagar.

E quais são os tipos de indenização integral? 

Dependendo da empresa, o valor e modalidade de indenização integral pode ocorrer de duas formas. A primeira é pelo valor de mercado, como no exemplo acima. Essa é a modalidade da Kakau.

Já a segunda é por um valor determinado. Ou seja, é estabelecido um valor fixo para indenização integral. Apesar de parecer interessante, geralmente as pessoas preferem a primeira opção, visto que aquela não possui tantas restrições quanto essa. 

Quais são os procedimentos necessários para conseguir a indenização?

O primeiro passo para solicitar o recebimento da indenização integral é informar a empresa sobre o ocorrido. No caso da Kakau, isso pode ser feito diretamente da sua área do assinante, a qualquer hora do dia. Lá, serão passadas as informações necessárias para continuar o pedido. 

Depois disso, será necessário que a documentação e o bem passe por uma avaliação da empresa, com o objetivo de verificar os danos causados. Em casos de roubo ou furto qualificado, obviamente, não é possível realizar a análise do bem, afinal, ele não está mais em seus cuidados. Dessa forma, serão exigidos apenas os documentos necessários para o reembolso. 

E quanto tempo demora para receber?

Após a abertura do sinistro e a entrega dos documentos solicitados, a seguradora possui o prazo de 30 dias para pagar a indenização integral.

Documentos para a indenização integral: veja o que não pode faltar!

Como dito anteriormente, durante o pedido de indenização, a empresa pede alguns documentos, que variam para cada caso. Entre eles podem estar: 

  • Boletim de Ocorrência Policial;
  • CPF e RG;
  • Comprovante de residência;
  • Nota Fiscal constando o número de série do bem;
  • Fotos dos danos em caso de quebra acidental.

E então? Fácil, né? Estes documentos servem para que não ocorra nenhum tipo de complicação na hora de receber a indenização de seu celular, tablet ou bicicleta. 

Aqui na Kakau, somos uma empresa digital. Por isso, oferecemos as melhores e mais práticas soluções de seguros do mercado, garantindo segurança, independência e praticidade durante todo o processo. Então, entre em contato conosco e tire suas dúvidas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe nas redes sociais:
Você também pode se interessar:
Saiba mais sobre a Kakau