Como pedalar na rua com segurança? Confira 4 dicas!

pedalar com segurança

Pedalar na rua é uma atividade muito prática no dia a dia e benéfica à saúde, mas demanda cuidados importantes com a segurança pessoal. Acidentes envolvendo ciclistas são muito comuns, porém são evitados com certas precauções.

Além disso, existem tipos de bike adequados para a cidade, as chamadas bicicletas urbanas, que são feitas para passeios simples ou deslocamentos para o trabalho e dão mais conforto e praticidade para o ciclista focar exclusivamente a segurança enquanto pedala.

Se você tem uma bike na cidade ou pretende ter uma, acompanhe as 4 dicas deste post sobre equipamentos de segurança, locais perigosos, manutenção e onde pedalar. Com elas, você terá uma condução mais segura dentro da cidade. Confira!

1. Evitar locais perigosos

O local de trânsito mais adequado à bicicleta é a ciclofaixa, porém, como não estão disponíveis em todo o perímetro urbano, pode-se transitar pela pista, desde que não haja uma indicação proibindo o tráfego de bicicleta. Avenidas movimentadas e trechos de velocidade máxima mais elevados, como as marginais, devem ser evitados nos horários de fluxo intenso de veículos. Corredores de ônibus também são um problema e ruas com essas faixas devem ser evitadas.

2. Lembrar da manutenção

Pneu descalibrado, corrente danificada, campainha quebrada e espelho retrovisor trincado são alguns problemas aparentemente pequenos em uma bicicleta, mas causam de pequenos contratempos a acidentes graves dependendo da situação. Portanto, é fundamental manter as peças da bike em bom estado e não postergar eventuais visitas ao posto mais próximo para calibrar os pneus. Em caso de problemas maiores, como nos freios, uma visita à oficina é urgente antes de sair para pedalar.

3. Usar equipamento de segurança pessoal

Use capacete. Quedas são muito comuns em acidentes envolvendo bicicletas e a cabeça é uma parte do corpo especialmente sensível, o que faz com que deva ser protegida com o mais básico dos equipamentos de segurança para evitar algum dano grave. Luvas, joelheiras e cotoveleiras também são recomendáveis, uma vez que protegem partes frequentemente machucadas em acidentes. Roupas e coletes refletores são outros itens essenciais para tornar o ciclista mais visível na pista.

4. Pedalar na rua, não na calçada

Pelo código de trânsito brasileiro, ao circular em calçadas ou faixas de pedestre, o ciclista deverá empurrar a bicicleta. Tal indicação se dá, principalmente, pelo risco de atropelamento que a bicicleta, em velocidade, oferece quando circula em meio aos pedestres, além da possibilidade de ser atingida por algum veículo ao sair de uma garagem. Então, caso seja necessário ao ciclista passar por uma calçada, ele deve desmontar da bike e a conduzir a pé até o próximo trecho em que pode pedalar novamente.

Com as dicas deste texto, o leitor terá uma boa base para pedalar na rua de forma mais segura e com uma bicicleta urbana adequada. Por fim, vale ainda lembrar de que o ciclista faz parte do trânsito, que envolve automóveis e pedestres, portanto deve estar atento para fazer um trajeto seguro.

A atenção não deve se limitar a interpretar o meio, como ver placas e respeitar semáforos, mas também a fazer sinalizações, como indicar conversões usando os braços e tocar a campainha para alertar pedestres.

Gostou destas dicas? Então, confira nosso texto sobre vantagens de pedalar à noite e descubra mais sobre ciclismo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe nas redes sociais:
Você também pode se interessar:
Saiba mais sobre a Kakau