Quadro quebrado em acidente: como se proteger?

Quadro quebrado em acidente

O quadro da bicicleta é uma das partes mais importantes de qualquer modelo. É como se ele fosse o coração da estrutura de toda a bike: a própria posição central, se conectando a diversas outras peças, mostra isso. Assim, ele deve ser devidamente protegido.

Nesse post, mostraremos quais cuidados devem ser tomados para evitar um quadro quebrado em acidente. É importante notar que essa peça não costuma ser barata, então toda medida protetiva deve ser adotada. Além disso, falaremos dos melhores seguros para bikes. Siga conosco!

Qual é a consequência de um quadro quebrado?

Antes de tudo, o principal risco para o ciclista é o próprio acidente. Isso porque quadros costumam quebrar em choques com automóveis, por exemplo, o que é bastante perigoso para quem pedala. No entanto, também é preciso entender que esse componente é essencial para o bom funcionamento da bicicleta.

É no quadro que são instalados a maioria dos outros componentes da bike inteira. Na parte superior, são fixados o selim e o canote, por exemplo. Já na parte de baixo, ficam o câmbio dianteiro, o movimento central e a pedivela.

Na frente de um quadro, você encontra um garfo (composto de roda e freio dianteiro). Ali também encontramos o guidão, as alavancas de câmbio e manetes de freio. Por fim, na parte traseira fica a roda, o câmbio e os freios traseiros.

Com todos esses elementos, fica mais fácil entender a importância do quadro para a bike. Em outras palavras, sem ele não há bike e você fica sem o seu meio de transporte.

Como evitar um quadro quebrado em acidente?

Mostraremos os principais cuidados que ciclistas devem ter para evitar um quadro quebrado em acidente, causando desconforto na hora de pedalar.

Escolha com cuidado o tamanho

Pedalar em uma bicicleta com um quadro inadequado é bastante desconfortável e frustrante. O ciclista sente dor, se cansa mais rápido e tem o seu rendimento comprometido — o que é péssimo para quem conta com a bike para fazer exercícios.

A boa notícia é que é possível contar com um guia que leva em consideração a altura do ciclista e serve para facilitar a escolha do melhor quadro:

  • pessoas que meçam, aproximadamente, 1,60m: deve ser escolhido um quadro de 17”;
  • quem tem altura de, aproximadamente, 1,70m: a melhor opção é um quadro de 19”;
  • pessoas que meçam cerca de 1,80m ou mais: a melhor escolha são quadros maiores de 20”.

Evite modificar o projeto original

Você pode até incrementar a sua bike aqui e ali, mas evite mexer no projeto do quadro original. Os casos de desconforto, que vimos no tópico anterior, são originados justamente por alterações malfeitas e equivocadas.

Alterar componentes importantes, como o quadro, pode acabar criando pontos de tensão e atrito, o que compromete o rendimento da bike e ela pode te deixar na mão em trajetos mais longos.

Escolha o modelo de acordo com a modalidade

O quadro deve ser escolhido de acordo com a modalidade que você pratica, para que você consiga bons resultados no seu treino e ainda deixe a bicicleta em boas condições. Usuários de mountain bike, por exemplo, devem escolher quadros mais robustos, para suportar os impactos gerados por buracos e outros obstáculos. Dessa forma, evitando ter o quadro quebrado em um acidente.

Quando falamos dos praticantes da modalidade BMX, o ideal é optar por um quadro com um comprimento maior. Para não errar na escolha, frequente fóruns de ciclismo e converse com profissionais e vendedores experientes para não errar a mão.

Tome cuidado com derivados do petróleo

Caso a sua intenção seja conservar a sua bicicleta com o uso de produtos específicos, tome bastante cuidado com derivados de petróleo. São eles:

  • tinner;
  • benzina;
  • querosene.

Para cuidar bem do seu quadro, são necessários apenas água e sabão neutro. A tentação de usar produtos químicos mais complexos pode ser grande, mas evite!

Adquira um protetor de quadro

Conforme você pedala, as correntes acabam “chicoteando” o quadro. Isso é capaz de comprometer o verniz da peça e gerar falhas na superfície.

Por isso, caso tenha condições, adquira um protetor de quadro. É possível encontrar modelos de borracha ou papel contact. Com ele, será mais fácil conservar a sua bike e prolongar a vida útil para que você possa usá-la por muito tempo.

Tome cuidado na hora de estacionar a bike

Ao estacionar a sua bike, não deixe que o quadro encoste na parede ou em quaisquer outros objetos. Assim, você evita que a pintura seja desgastada. E por falar em desgaste, ao notar alguma área descascada, utilize esmalte de unha ou até mesmo um adesivo para proteger aquela parte.

Contudo, caso o desgaste seja excessivo, não arrisque: leve a bicicleta até uma oficina de boa reputação para evitar danos ainda mais significativos.

Quais são os melhores seguros para bike?

Agora, falaremos das principais modalidades de seguro que a Kakau fornece para a sua bike.

Kakau Mobi Performance

Esse é o plano mais completo da Kakau Seguro, o que significa que ele cobre diversas situações. Até por essa característica, o valor é mais alto e varia de acordo com as condições e o modelo da bike. Nesse caso, bicicletas utilizadas em trilhas terão um preço mais salgado.

Mas tudo isso vale a pena quando verificamos os serviços oferecidos nessa modalidade de seguro:

  • proteção contra roubo e furto qualificado;
  • responsabilidade civil;
  • acidente ou quebra;
  • assistência 24 horas por dia;
  • transporte e reboque;
  • extensão para transporte internacional.

Kakau Mobi Ativo

Já o seguro Mobi Ativo tem uma cobertura um pouco mais reduzida em relação ao Mobi Performance, mas é o ideal para bikes de modelos com preços mais acessíveis. Nessa opção, você estará coberto em relação às seguintes ocorrências:

  • acidente ou quebra;
  • assistência 24 horas por dia;
  • roubo e furto qualificado;
  • transporte e reboque.

Kakau Mobi Urbano

O seguro mais básico da Kakau também é valioso para ciclistas. Com essa modalidade, os amantes de bikes têm as seguintes vantagens:

  • proteção contra roubo e furto qualificado;
  • assistência 24 horas por dia.
  • transporte ou reboque.

É importante notar que o valor do seu seguro é calculado com a aplicação da taxa prevista sobre o valor da bike. Quando um contratante inclui mais de uma bicicleta no contrato, o desconto será progressivo, de 10 e 15%.

Esses seguros são muito importantes para se proteger contra roubos, por exemplo, já que bicicletas são muito visadas. Isso porque elas são bem mais fáceis de serem roubadas que um automóvel, por exemplo, então quem não opta por uma apólice pode perder facilmente a sua bike.

Além disso, ciclistas que gostem de modelos mais caros podem se frustrar de forma ainda mais intensa. Afinal, imagine gastar altos valores para adquirir uma bike ou montá-la do zero com um quadro muito bem estruturado e perder tudo isso sem compensação alguma?

Como vimos no artigo, o quadro é praticamente o coração de uma bicicleta. Por isso, todo cuidado com essa peça é pouco. Com algumas medidas de segurança, é possível se proteger contra acidentes e manter a integridade da sua bike. Além disso, um bom seguro é essencial para lidar com danos ao seu modelo.

E aí, se interessou pela possibilidade de contratar um seguro da Kakau? Então, entre em contato conosco agora mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe nas redes sociais:
Você também pode se interessar:
Saiba mais sobre a Kakau