4 boas práticas para andar de bicicleta com segurança

Andar de bicicleta com segurança deve ser uma prioridade durante essa atividade, já que isso evita acidentes, que você danifique sua bike ou bens de terceiros, machuque outras pessoas etc. É para isso que o ciclista está enquadrado na nossa legislação de trânsito, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

É importante se adequar a essas exigências legais e buscar segurança na prática do ciclismo. Por isso, trouxemos este material especial com as 4 melhores dicas para andar de bicicleta de modo mais seguro. Confira!

1. Não pedale pela contramão

Muitas vezes, ciclistas tentam andar na contramão achando que não terá nenhum problema. Da mesma forma, algumas pessoas acreditam que essa maneira é mais segura, já que elas conseguem ver os veículos que estão vindo na sua direção.

O perigo está na seguinte questão: a velocidade de aproximação do motorista é maior que a do ciclista, o que dificulta que o primeiro veja o segundo. Além disso, pedalar na contramão é uma infração prevista no parágrafo único do art. 58 do CTB, o que também gera muitas multas.

2. Respeite as sinalizações

Ciclistas devem respeitar e fazer as devidas sinalizações para anunciar suas ações aos demais motoristas da via. Você pode indicar mudança de direção ou giro, pedir ou dar passagens, entre outros. Veja algumas formas de sinalizações:

  • giro à esquerda: estenda o braço esquerdo;
  • giro à direita: faça um ângulo de 90º com o braço esquerdo ou estenda o braço direito;
  • redução de velocidade ou parada: estenda o braço esquerdo para baixo com a palma virada para trás.

3. Ilumine a sua bicicleta

Os itens que iluminam a bicicleta são cruciais para sua segurança, especialmente à noite ou em horários do dia com pouca luz natural, como no final da tarde ou no começo da manhã. Basicamente, eles indicam sua localização para outros motoristas, que terão tempo de reação para desviar de você.

Segundo o inciso VI do artigo 105 do CTB, as bicicletas devem ter sinalização noturna traseira, dianteira, lateral e nos pedais, além de um espelho retrovisor do lado esquerdo. Quanto às cores, use luz branca na frente e vermelha atrás, assim é possível saber se você está de frente ou de costas. Por fim, a luz deve ser piscante, já que a intensidade luminosa das lanternas de bicicletas geralmente não é forte o suficiente para destacá-las na estrada.

4. Conheça suas prioridades

Por fim, quando estão em uma ciclorrota, ciclovia, ciclofaixa ou andando pelo acostamento, os ciclistas têm prioridade de passagem em relação a outros veículos, incluindo se esses últimos forem girar. No entanto, saiba que os ciclistas devem parar em faixas para pedestres e ceder passagem a eles. Outras regras que devem ser seguidas são:

  • parar quando o agente de trânsito levantar o braço verticalmente. Esse sinal fica em vigor mesmo que ele abaixe o braço e você só deve prosseguir a partir de outro sinal;
  • respeitar os semáforos;
  • ceder passagem quando se deparar com o triângulo vermelho invertido;
  • obedecer ao sinal de pare, mesmo que você acredite que não estão vindo outros veículos.

Com as nossas dicas, você conseguirá andar de bicicleta com segurança e tranquilidade pela cidade, em qualquer que seja o horário do dia. Em caso de dúvida, é importante consultar o CTB para evitar imprudências que poderiam acabar gerando acidentes.

Gostou do nosso conteúdo? Quer receber mais novidades no seu e-mail? Então assine a nossa newsletter!