Conheça as 5 melhores trilhas de MTB de Minas Gerais!

Trilhas de MTB de Minas Gerais

O estado de Minas é um excelente local dentro do Brasil para praticar mountain bike. Existe uma comunidade bem ativa de ciclistas não só no centro de BH, uma das melhores cidades do país para o esporte, mas também em outros municípios, como Rio Acima, Ouro Preto e Nova Lima. E as trilhas de MTB de Minas Gerais são fundamentais para esse contexto!

Então, trata-se de um ótimo lugar para praticar ou mesmo começar a pedalar por esporte ou hobby. Não tem para onde ir nas férias? Pegue o carro, a família, a bike — essa é indispensável — e vá conhecer algumas dessas trilhas!

Para ajudar você nisso, neste artigo, vamos apresentar algumas das melhores trilhas de MTB de Minas Gerais. Vamos indicar as principais características delas, suas vantagens e o que você pode encontrar pelo caminho. Acompanhe!

O que são as trilhas de MTB?

Antes de tudo, é bom você saber que MTB — sigla de Mountain Bike —, também conhecido como “ciclismo de aventura”, é uma vertente do ciclismo focada em percursos com cadeias montanhosas, estradas de chão, rochas, single tracks e muita beleza natural. É uma prática cheia de descobertas e ideal para quem quer fugir do caos da cidade e conhecer novos lugares com calma e tranquilidade.

O esporte requer preparo físico, resistência e um tipo de bicicleta apropriado. Por isso, ciclistas de mountain bike são bem ativos, gostam de pedalar em grupo e são desbravadores. Todas as trilhas de MTB abaixo, e outras que não couberam neste texto, foram traçadas por eles.

Quais são as 5 melhores trilhas de MTB de Minas Gerais?

A seguir, vamos apresentar 5 trilhas de MTB para você conhecer em Minas. Confira!

1 . Trilha Borbolight, em Rio Acima

No percurso da Borbolight, é possível observar a Serra da Gandarela — cadeia de montanhas que integra o complexo da Serra do Espinhaço. Além disso, há a presença de maravilhas naturais, como belas cachoeiras: entre elas, a do Viana, que tem uma queda d’água de cerca de 30 metros. Essas são apenas algumas das belezas que os ciclistas conseguem contemplar por meio dessa trilha de 38 km em trajeto circular.

Pouco movimentada por carros, a trilha de Rio Acima é ideal para quem quer paz e sossego. A primeira metade da Borbolight é composta predominantemente de subidas, e a segunda, apenas de descidas. No centro da cidade, lugar em que se inicia a trilha, tem um pátio onde é possível estacionar o carro.

Nível de dificuldade: moderado

Início: Praça Paulo Teixeira (Rio Acima, Minas Gerais)

2 . Trilha Tapera, em Ouro Preto 

Essa trilha de trajeto circular perpassa a Floresta Estadual do Uaimií, que, em tupi-guarani, significa “rio das velhas”, e possui 37 km. Nela, é possível conhecer não só a Cachoeira São Bartolomeu, mas também uma corredeira e vários riachos.

Ela se inicia no centro da cidade, ao lado da Igreja Matriz de Santo Antônio, e apresenta boa infraestrutura ao redor, incluindo estacionamento, bares e outros estabelecimentos.

A Tapera tem um nível elevado de dificuldade, sobretudo devido à alta elevação ao longo do percurso e à vegetação expressiva em alguns pontos. Vale ressaltar que nem sempre o caminho se encontra aberto para ciclista, em razão da mata que toma conta das partes mais estreitas. Por isso, uma dica importante é escolher um período de seca para fazer o percurso, pois nessa época a vegetação fica menos densa.

No mais, 40% da trilha é constituído de single tracks e 55% de estradas com pouca movimentação de pessoas.

Nível de dificuldade: alto

Início: Distrito de Glaura (Ouro Preto, Minas Gerais)

3 . Trilha Milk Shake, em Nova Lima

A trilha de Nova Lima tem 29 km em trajeto circular e, nela, é possível pedalar pela orla da Lagoa dos Ingleses, bem como visitar a barragem da cidade e um belo riacho. Composta de cerca de 4 km de asfaltos, 12,5 km de single tracks e 12,5 km de estradas terrosas, a Milk Shake apresenta algumas descidas perigosas que requerem atenção e cuidado. A trilha tem pouco movimento de carros.

Nível: moderado com atenção

Início: Av. Picadilly, n.º 100, Bairro Alphaville (Nova Lima, Minas Gerais)

4 . Trilha longa — Estrada do Ganha —, em Espinzinho

Podemos dizer que esse percurso é muito mais um complexo de trilhas para ciclistas mais experientes do que apenas uma única aventura. Dessa forma, a união desses trechos cria um roteiro de cerca de 60 km e perpassa bairros como Vila Santa Rita, Marzagão, Esplanada e Caieira.

O roteiro desafia o desempenho dos ciclistas devido ao nível de esforço e dificuldade. Além de ser um trajeto bem extenso (em média umas 6 horas para completá-lo), no trecho do espinzinho, a trilha, do ponto de vista técnico, apresenta alguns desafios. Isso se deve sobretudo aos single tracks e aos trechos com rochas nuas e irregulares, íngremes e cobertas por seixos. Por conta desses fatores, existe um grande risco de quedas durante a descida, então, é aconselhável que apenas os mais experientes desçam montados.

Nível: difícil

Início: estações de metrô Horto ou Santa Teresa (Belo Horizonte, Minas Gerais)

5 . Trilha Aguinha, em Belo Horizonte

O município de BH tem diversos percursos de mountain bike nos arredores da cidade, e a trilha de Aguinhas é um deles. Ela é curta, de apenas 15 km, e por isso é ideal para iniciantes e para quem quer ganhar resistência para encarar trilhas mais longas.

Ela é uma trilha desafiadora, divertida e de subida constante, porém, leve.

Nível: fácil

Início: estação de metrô Santa Teresa (Belo Horizonte, Minas Gerais)

Quais são as vantagens das trilhas de MTB de Minas Gerais?

As trilhas do estado de Minas Gerais apresentam diversas vantagens. Além de percursos bem mapeados, belezas naturais, locais históricos, tranquilidade e sossego, esses trajetos são bem conhecidos pelos ciclistas da região. Isso é ótimo, pois, em caso de acidentes e quebras acidentais, por exemplo, você sempre pode encontrar uma mão amiga para ajudar.

Além disso, a prática do esporte traz diversos benefícios para a saúde, dentre eles a redução do colesterol, a diminuição do estresse e o aumento da capacidade física.

Neste conteúdo, apresentamos 5 das melhores trilhas de MTB de Minas Gerais. Você descobriu onde começá-las, algumas particularidades dos seus percursos e os benefícios de praticar mountain bike em um dos lugares mais gostosos de pedalar do Brasil.

Pronto para colocar o pé no pedal? Conte-nos abaixo, nos comentários, se você já fez ou pretende fazer alguma dessas trilhas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe nas redes sociais:
Você também pode se interessar:
Saiba mais sobre a Kakau