O que considerar ao contratar um seguro de celular?

Quem faz um investimento alto em celular, não deseja colocá-lo em risco de perda, roubo ou danos tão cedo. Uma opção que ajuda a reduzir este medo é colocar seguro de celular no novo aparelho. Afinal, este é um ato que muitos usuários já aderiram. Isso porque a preocupação com estes riscos diminui com o investimento, deixando o usuário mais tranquilo para transitar com o aparelho. Mas, para escolher o melhor seguro de celular, é importante entender como ele funciona e o que considerar antes de escolher o ideal para você.

Isso porque são diversos os tipos de cobertura, franquias, preço, suporte, facilidades para contratação, entre outras características necessárias de serem verificadas antes da contratação. Para saber todos os detalhes sobre o que levar em consideração ao contratar um seguro de celular, confira esse post!

O que é um seguro de celular?

Um seguro de celular é como outros tipos de seguros. Ele cobre os prejuízos em caso de furto, roubo, quebra e outras situações que coloquem em risco a integridade do celular. O seguro garante que, caso algo assim aconteça, a indenização seja feita com o objetivo de ressarcir os valores do equipamento ou fornecendo um novo.

Como funciona o seguro de celular?

Em casos de quebra acidental do celular, existem algumas formas de indenizar, como por meio do encaminhamento do aparelho para uma assistência técnica. Após a análise, a seguradora paga os custos para o conserto. Outra opção é a seguradora fornecer um aparelho novo no lugar do que foi roubado ou quebrado. Além disso, o reembolso também pode ser feito em dinheiro, caso isso estiver especificado no contrato.

Por outro lado, algumas opções que não são cobertas no seguro são o mau uso do celular ou desgaste natural do aparelho. Todos esses detalhes estarão no contrato, por isso lembre-se de ler este documento com atenção, verificando todas as cláusulas do seguro de celular.

Por que vale a pena contratar um seguro?

Vale a pena contratar um seguro para garantir a proteção do aparelho a riscos como quedas, roubo ou furto do aparelho. Além de ações da natureza como queda de raios. Ou mesmo danos elétricos causados por curto circuito, oscilação de energia ou descargas de energia. Por fim, imersão ou queda de líquidos no aparelho também estão inclusos.

Em relação a furto, geralmente é o furto qualificado que é coberto. O furto simples é quando o aparelho é levado sem que o usuário note. Já o furto qualificado é quando isso acontece mesmo com algum obstáculo, por exemplo, o celular furtado dentro do carro ao quebrar o vidro. Todas essas possibilidades de cobertura fazem com que valha a pena a contratação de um seguro.

O que considerar antes de contratar um seguro de celular?

Mesmo com todos esses benefícios, é necessário verificar o que considerar no momento de escolher um seguro para celular. Veja abaixo alguns pontos.

1. Comparar os preços

Comparar os preços dos seguros é uma forma de garantir a escolha ideal para o seu caso. O preço é definido por meio do valor inicial do celular, logo o preço do seguro aumenta de acordo com o preço do celular. Também variam conforme as coberturas oferecidas. Mas, uma coisa é certa, quanto mais caro for o aparelho, mais vai compensar investir em um seguro para evitar a perda. No entanto, fazer uma pesquisa aprofundada ainda é necessário para tomar a melhor decisão, analisando as diferentes propostas.

2. Verificar as coberturas

Verificar todos os tipos de coberturas oferecidas pela empresa é uma forma de evitar decepções futuras. Isso porque as opções são diversas e interferem no preço final. A maior parte deles cobre apenas furto e roubo qualificado, não cobrindo furtos simples. Logo, verificar cada detalhe antes de tomar a decisão é essencial para a escolha certa.

3. Contrate quando comprar o aparelho

O ideal é contratar a proteção assim que fizer a compra do celular. Algumas empresas não aceitam aparelhos com mais de um ano. Logo, a melhor escolha é fazer o seguro assim que comprar o celular para evitar contratempos com a seguradora e até mesmo danos ao aparelho antes da contratação.

4. Veja qual tipo de indenização prefere

Verificar qual o tipo de indenização prefere é primordial. Isso porque, conforme especificado anteriormente, pode ser feita a indenização em dinheiro, outro celular ou reparos. Escolher o que é melhor para você é fundamental para direcionar bem as pesquisas das seguradoras.

5. Verifique a franquia e carência

A franquia é o percentual que deve ser pago para acionar o seguro, geralmente corresponde à porcentagem do valor do celular. Verificar essa questão antecipadamente é primordial para evitar sustos no momento que precisar utilizar o seguro de celular. Também deve ser analisado se existem períodos de carência: alguns planos tem 30 dias antes de começar a valer.

6. Conferir a reputação da seguradora

Por último, conferir a reputação da seguradora é primordial para tomar uma decisão correta. Quando é oferecido o seguro no ato da compra do celular, também é necessário verificar se a seguradora oferecida é legalizada na Susep. Além disso, verificar sites que fazem releases sobre as empresas é uma boa forma de verificar a reputação.

Uma excelente opção para quem procura a melhor seguradora é a Kakau Seguros. A empresa é especialista na área e uma plataforma digital que ajuda o usuário a economizar tempo na hora de contratar o seguro, tornando algo viável para todos os brasileiros, de maneira satisfatória e eficiente, com a ajuda da tecnologia.

Assim, para fazer a melhor escolha do seguro de celular, é necessário analisar todos os detalhes do plano. Isso garante que você escolha o seguro ideal para o que você procura. Logo, devem ser analisados fatores como o preço, o que é coberto pelo seguro, se há ou não carência, valor da franquia e reputação da seguradora no momento de escolher é primordial para uma seleção acertada. A Kakau Seguros é um exemplo de excelente empresa para seguros, com ótima reputação e tempo de mercado.

Gostou do conteúdo? Então veja mais detalhes sobre seguros para celular!